Camponês descobre objeto bizarro em sua propriedade e se surpreende ao descobrir que uma criatura havia vivido dentro dele

Às vezes pensamos já conhecer todas as coisas do mundo, mas graças à Internet somos lembrados dos mistérios que o mundo ainda nos reserva. Jose Antonio Nievas, um camponês argentino, descobriu algo estranho em sua propriedade, na borda de um rio, e decidiu analisar do que se tratava. Jamais imaginou que se tratava de um objeto arqueológico.

O homem começou a escavar a região imediatamente. O objeto se parecia com uma grande rocha, mas quando ele tirou um pouco de terra do local ele percebeu que não era uma rocha comum, mas sim o que pensou ser um ovo de dinossauro.

Telefe

Quando ele contou sobre a descoberta para sua esposa, Reina Coronel, a mulher começou a rir. E certamente você faria o mesmo se alguém lhe contasse que havia encontrado um ovo de dinossauro.

Telefe

Infelizmente para as expectativas de José, que havia chamado especialistas para analisar a descoberta, ele não havia encontrado um ovo de dinossauro. Na verdade, o objeto era sim parte de um dinossauro – uma espécie de tatu pré-histórico, conhecido tecnicamente como Glyptodon, que viveu há mais de 10 mil anos.

Telefe

A incrível descoberta permitiu que os especialistas estudassem mais profundamente as semelhanças entre essa espécie e seus descendentes modernos.

Telefe

Arqueólogos foram chamados na região, e outros fósseis semelhantes foram encontrados, todos eles hoje repousando em museus.

via Upsocl.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.