Imagens dos 13 garotos presos em uma caverna da Tailândia: Estão vivos, mas o resgate não é seguro

A notícia dos 12 garotos que se perderam em uma caverna na Tailândia chocou o mundo inteiro recentemente. O grupo formado por 12 menores de idade e um adulto não dava sinais de vida desde o último dia 23 de junho, e foi encontrado no começo desta semana.

Na última terça-feira, o grupo foi encontrado com todos seus integrantes vivos, ainda que com muita fome. Quem anunciou que o grupo havia sido encontrado foi o governador Narongsak Osottanakorn, que confirmou também que os menores de 11 a 16 anos, todos integrantes de uma equipe de futebol, foram encontrados próximos a uma ilha no interior da caverna.

EFE

Entretanto, a extração das 13 pessoas não é tão fácil como pode parecer, e as autoridades já afirmaram que isso pode levar meses para acontecer.

“Vamos enviar comida por pelos 4 meses, e vamos ensinar os 13 a mergulhar, enquanto continuamos a drenar a água que inunda as galerias de acesso, a cavidade onde o grupo permanece preso”, disse o capitão Anand Surawan, das Forças Armadas Tailandesas, segundo o ‘Emol’.

Instagram

O motivo da demora é o fato de que as numerosas passagens estreitas estão alagadas ao longo da caverna – a quarta mais longa de toda a Tailândia, com cerca de 10km de comprimento e frequentes mudanças de nível.

As equipes de resgate já usaram cerca de 20 bombas de extração de água para reduzir o líquido nas partes mais inundadas. Além disso, eles enfrentaram dificuldades com suas máquinas, já que a chuva que assola a região não ajuda na luta para resgatar os jovens.

Instagram

De acordo com a versão oficial, os desaparecidos entraram na caverna no dia 23 de junho, depois de um treinamento, quando uma forte tempestade começou a inundar a cavidade e impediu a saída, deixando-os trancados e perdidos.

Aqui você pode ver o primeiro vídeo realizado quando encontraram os garotos.

via Upsocl.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.